Conhecendo Foz do Iguaçu e seus passeios de natureza

March 28, 2017

Dicas para quem quer passear antes ou depois da Meia das Cataratas

 

Olá corredores, vou começar hoje uma série com dicas de passeios e compras em Foz do Iguaçu (PR), palco da Meia Maratona das Cataratas, que esse ano chega à 10ª edição no dia 4 de junho com percursos de oito e 21 quilômetros.

 

O trecho final da prova é disputado dentro do Parque Nacional do Iguaçu, inclusive com vista para as famosas Cataratas. Mas, os 21 quilômetros do percurso não são suficientes para aproveitar tudo o que o local pode oferecer, como esportes de aventura, passeio de barco, caminhadas e boa gastronomia. Então vamos fugir da rotina com dicas rápidas do que conhecer na região.

 

Começo com o Parque das Aves, local que abriga um dos maiores viveiros da América Latina. Localizado próximo à entrada do Parque Nacional, o visitante terá contato com flamingos, tucanos, araras, borboletas e outras espécies interagindo fora de gaiolas ou jaulas.

 

Além de ser um local de visitação, o Parque das Aves é um importante centro de recuperação e conservação de animais. Quem quiser conhecer um pouco mais sobre o trabalho realizado pode contratar um tour extra (R$ 200) para percorrer o backstage e alimentar tucanos, araras e flamingos.

 

Ao final do texto vocês vão encontrar todas as informações sobre valores, horários de funcionamento e sites dos locais mencionados.

 

Parece de pelúcia, mas é real e bem pertinho de você! Foto: Alexandre Koda

 

Parque Nacional do Iguaçu

 

Deixe seu carro no estacionamento (serviço pago à parte), compre o ingresso e, já dentro do Parque Nacional, dirija-se ao Centro de Visitantes, onde é possível pegar um ônibus que leva a diversos pontos. Podemos visitar a Trilha do Poço Preto, o Macuco Safari, a Trilha das Cataratas e o Porto Canoas. São 600 mil hectares de áreas protegidas e outros 400 mil em florestas de Mata Atlântica ainda primitivas, que abrigam diversas espécies da fauna e flora, como onça-pintada, puma, jacaré-de-papo-amarelo, papagaio-de-peito-roxo, gavião-real, peroba-rosa e araucária, algumas delas ameaçadas de extinção.

 

Macuco Safari - Esse é o tradicional passeio de lancha que percorre o Rio Iguaçu e passa sob algumas das cataratas. Na minha opinião é o ponto alto do passeio e uma experiência emocionante. O trajeto começa com uma trilha de três quilômetros percorrida num veículo elétrico, onde é possível observar a flora local e, eventualmente, alguns animais como o Quati, mascote do Parque.

 

Descemos do carro e com 600m de caminhada chega-se ao cais para os visitantes embarcarem em lanchas bimotores que percorrem trechos do rio, inclusive nas proximidades da Garganta do Diabo, a principal queda d’água do Parque. O ponto culminante é o “batismo” dos turistas com um banho sob uma das corredeiras. Nem adianta levar capa de chuva, porque é tanta água que você vai sair encharcado.

 

 Um belo banho de água fria sob as cataratas. Foto: Alexandre Koda

 

Trilha das Cataratas - Essa é uma das opções para visualizar as Cataratas de perto. São 1.200m de extensão percorridos em terreno com piso de concreto e degraus, com corrimões para a segurança dos visitantes. Existem diversos mirantes, um deles bem próximo às quedas, onde é possível se refrescar durante o verão.  No final da trilha existe um elevador que dá acesso a um mirante panorâmico com vista para as Cataratas. Por lá também há loja de souvenir. 

 

Vá com um tênis velho, bem confortável, porque a caminhada é extensa e cansativa em alguns momentos por conta das subidas e descidas. As passarelas tem gradis altos e oferecem bastante segurança, mas todo cuidado é pouco para evitar escorregões, já que o piso fica úmido nas proximidades das corredeiras. O grande barato é se posicionar no final da passarela que dá acesso à Garganta do Diabo e se deliciar com a água fresquinha caindo lá de cima.

 

 As passarelas são bem firmes e oferecem segurança. Foto: Alexandre Koda

 

<b>Porto Canoas</b> - Neste ponto existe mais uma loja para comprar lembranças do parque. Também há uma lanchonete e o Restaurante Porto Canoas, onde o visitante pode almoçar num deque com vista para as quedas d’água.

 

Almoce tranquilo enquanto relaxa ao som das corredeiras. Foto: Alexandre Koda 

 

 

Trilha do Poço Preto - Localizada próximo à entrada do Parque, o visitante percorre nove quilômetros a pé, de bicicleta ou em carro elétrico apreciando a natureza até chegar ao Rio Iguaçu. Lá há navegação em um barco a motor pelo alto do Rio, passando pelo Arquipélago das Taquaras, com a opção de passeio em ducks (espécie de caiaques infláveis).

 

Ficou com vontade de conhecer mais? Então aguarde o roteiro com dicas de passeios urbanos e uma passadinha no lado argentino das cataratas, que na minha opinião é muito mais bonito e rústico do que o lado brasileiro....

 

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhe no Facebook
Please reload

Veja também

La Misión Brasil oferece programação especial de turismo

29 Jun 2018

Testamos o lançamento da SONY: caixinha de som SRS-XB10

10 May 2018

1/4
Please reload

Vamos Fugir?

Aqui esporte e turismo fogem da rotina juntos e separados. Venha com a gente descobrir novos rumos!

Sobre

Copyright© Fugindo da Rotina. Proibida a cópia ou reprodução do conteúdo sem autorização prévia.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now